Desafio literário — indicações de julho


O mês de julho chegou trazendo um frio e tanto para várias cidades brasileiras! Como está o clima aí onde você mora?


Para nos aquecer, nada melhor que um belo livro, né? E melhor ainda: indicações de livro para o nosso desafio literário que, no mês de julho, sugere a leitura de um livro de poesia. Você já ouviu dizer que poesia aquece até a alma? Pois é!


Aqui na Lettre temos algumas obras perfeitas para esse momento, mas, como sempre, também traremos autores de fora para você conhecer. E ficamos no aguardo das suas indicações.


Livros de poesia da Lettre


Entranhas do Amor (Nicc Mello)

Na linha tênue do mais profundo sentimento,

A poesia alerta, de um substantivo necessário ao cotidiano, capaz de silenciar a voz, escutar a alma, marejar os olhos e nos curar.

A ilusão avisa que o acompanha, para fazer pensar, indagar e refletir o breu que o vazio faz em si.

Qual o substantivo que nos salva e cura?


Girassol (org.: Chris Calixto)

As poesias ultrapassam a ideia de ser apenas um conjunto de versos, vão muito além de uma composição ritmada e harmoniosa de frases e palavras. Poetizar é uma ação extremamente ligada à entrega de emoções, à troca de tudo o que guardamos na alma e queremos dividir para multiplicar. Essa antologia é uma bela coleção de poesias, prosas poéticas, poemas e versos livres que têm o intuito de acariciar corações e proliferar bons sentimentos. Que cada verso desse livro, assim como a imagem dos girassóis, o conduza a momentos de alegria e leveza.


O que restou de mim (Abraão Nóbrega)

Quando desacreditei de tudo e de todos, eu precisava sentir para viver. Os sentimentos viraram meus melhores amigos. Com o tempo, percebi que eu precisava amar e, quando escrevo, estou amando. Aqui, no meio dos versos e entrelinhas destes textos, você irá descobrir o que restou de mim quando amei, quando sofri, quando senti falta e quando transcendi. E, talvez — só talvez — você também reencontre alguns dos teus pedaços deixados pelo caminho.


Outras obras


Titubeio (Maitê Rosa Alegretti)

Se eu dobrasse seu nome diversas

vezes sobre a minha língua

faria de cada dobradiça

seu corpo presente.


Poesia que transforma (Bráulio Bessa)

Esse livro é uma homenagem à poesia e a tudo o que ela é capaz de proporcionar. Com mais de 30 de seus emocionantes poemas, alguns deles inéditos, Bráulio Bessa nos conta um pouco das histórias do menino de Alto Santo, no interior do Ceará, que se tornou poeta e ativista cultural. Desde o primeiro encontro com a obra de Patativa do Assaré, aos 14 anos, até a fama na televisão, ele mostra como a poesia transformou sua vida. Com ilustrações do artista baiano Elano Passos, o livro traz ainda depoimentos de fãs de todos os cantos do Brasil, revelando como as palavras de Bráulio são capazes de inspirar pequenas e grandes mudanças.


Tudo nela brilha e queima (Rayane Leão)

“a poesia é minha chance de ser eu mesma diante de um mundo que tanto me silencia. é minha vez de ser crua. minha arma de combate. nossa voz ecoada. nossa dor transformada. nela eu falo sobre amor, desapego, rotina, as cidades que nos atravessam, os socos no estômago que a vida dá, o coração desenfreado, a pulsação que guia as estradas, os recomeços, os dias, as noites, as madrugadas, os fins, os jeitos que a gente dá, as transições, os discos, os tropeços, as partidas, as contrapartidas, os pés firmes que insistem em voar, e tudo isso que é maluco e lindo e nos faz ser quem somos.” - Ryane Leão.


E aí, o que achou das nossas indicações?


Quer conferir o nosso Desafio Literário desde o início? Então se liga:


Janeiro: post de apresentação + indicações do mês


Indicações de fevereiro


Indicações de março


Indicações de abril


Indicações de maio


Indicações de junho

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo