• Equipe Lettre

Editora picareta? Tô fora!


Sabemos o quão difícil é ser escritor.


Além das horas e horas de dedicação mental e física, elaborando, escrevendo e aprimorando uma história, também há todo o trabalho de concretização da publicação. E, muitas vezes, quer seja pela ansiedade, quer seja pela angústia de não ter uma alternativa, muitos autores acabam caindo em mãos erradas.


Sim! Porque assim como em quase qualquer outra área, no mercado literário também há muita gente apenas interessada em lucrar. Ou, pior ainda: gente que finge pertencer ao meio, apenas para ficar com o dinheiro de autores que fariam qualquer coisa para ter suas obras publicadas.


Por isso, é muito importante que você se informe bem sobre tudo antes de assinar qualquer contrato e, mais ainda, transferir qualquer valor para quem quer que seja. Mas como evitar dores de cabeça?


Algumas dicas importantes


  • Peça recomendações sobre as Editoras que você tem em vista: se você fizer parte de comunidades de autores, pergunte se alguém conhece aquela(s) editora(s), o que achou do trabalho. Se você não fizer parte de nenhuma rede dessas, entre diretamente na página da(s) editora(s) e procure os autores por ela publicados, buscando um contato direto com eles.

  • Conheça o trabalho dessas Editoras: é muito importante, também, que você realmente tenha uma ideia de como é o trabalho da(s) editora(s) que você tem em vista. Pense comigo: você pagaria caro pela refeição de um restaurante que você ou qualquer conhecido seu nunca ouviu falar e que ainda tem uma aparência duvidosa? Acredito que não, certo? Então porque você colocaria seu livro nas mãos de qualquer pessoa? Antes de mais nada, veja como a(s) editora(s) se comporta nas redes sociais, como responde a seus clientes, que conteúdo entrega. Tente compreender, através daquilo que ela(s) coloca(m) no mundo, se você realmente têm afinidade, pois isso também é muito importante.

  • Preste atenção ao tratamento recebido desde o primeiro contato: claro que a maioria das empresas, ao ver um possível cliente, faz o possível para causar uma boa primeira impressão. Ainda assim, é possível, já nos primeiros contatos, ter uma pequena ideia do tratamento que te será dispensado. Se for ruim antes de você pagar algo, imagine depois! (Lembre-se: muitas pessoas, depois que recebem o dinheiro acabam "sumindo do mapa", te deixando a ver navios...).

  • Leia o contrato minuciosamente: se depois de passar pelos tópicos acima, você chegou a receber o contrato de uma editora, LEIA-O ATENTAMENTE! Um contrato será sempre o seu único respaldo legal, a sua ferramenta para proteger-se e ter garantias de que tudo sairá nos conformes. Por isso, analise cada um de seus itens e, se achar necessário, peça ajuda a alguém que compreenda melhor do assunto.

  • Tire todas as suas dúvidas: não entendeu algo, principalmente do contrato? Pergunte. Tem dúvidas sobre coisas não abarcadas no contrato? Pergunte. Não tenha medo de parecer uma pessoa chata. É melhor ter certeza do que está contratando do que quebrar a cara lá na frente.

  • Saiba exatamente o que você está contratando: nem todas as editoras oferecem todos os serviços editoriais necessários para a publicação de um livro. Por isso, saiba exatamente o que você está contratando e o que ainda precisará buscar ou fazer por fora.

  • Anote os meios de contato: é importante saber como você pode entrar em contato com a empresa. Geralmente, questões contratuais são tratadas exclusivamente por email, mas se você tem dúvidas pontuais, comentários rápidos, estes talvez possam ser feitos por meios mais fáceis. Saiba sempre por onde e quando você pode entrar em contato (mas lembre-se: nenhuma empresa está 24h à sua disposição).


O que a Lettre tem a oferecer?


Desde sempre, deixamos muito claro que aqui na Lettre temos compromisso e respeito com cada autor da casa, seja de uma obra solo ou de uma antologia. E todas as nossas publicações estão resguardadas pelos seus respectivos contratos.


Nós tomamos cuidado com cada obra recebida, lendo-as, avaliando-as e enviando um feedback personalizado ao autor, com a nossa avaliação da história e também os valores da publicação, descrevendo cada serviço incluído nessa contratação.


Também buscamos sempre trazer conteúdos novos, tanto para nossos leitores quanto para nossos escritores. São conteúdos disponíveis (gratuitamente) aqui em nosso blog, nas redes sociais, em nossa newsletter ou até mesmo através das nossas antologias gratuitas, que também são uma excelente forma de você, autor, conhecer mais de perto o nosso trabalho.


Além disso, somos uma Editora extremamente acessível e estamos sempre dispostas a tirar quaisquer dúvidas suas. Por isso, se quiser falar conosco, não hesite em mandar uma mensagem em nossas redes sociais ou escrever um email para editoralettre@gmail.com.


E agora nos conte aqui (sem citar nomes): você já caiu nas mãos de uma Editora picareta?

20 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo