• Equipe Lettre

Terminei de escrever meu livro, e agora?



Olá, família Lettre!


Se você está concluindo seu primeiro livro agora, provavelmente a pergunta do título será uma das primeiras que você irá se fazer. Ao menos foi o que aconteceu comigo.


É sempre bom lembrar que, para uma análise de qualquer editora — e principalmente aqui na Lettre, que nos comprometemos a enviar um feedback sobre sua obra — um livro nunca é aceito incompleto. Portanto, antes de mais nada, termine o seu livro. E, se possível, já faça um book proposal dele também.


Feito isso, pesquise sobre as editoras. E um dos pontos principais de sua pesquisa deve ser os nichos que cada editora publica. Imagine que você escreveu um livro de fantasia e a primeira editora que apareceu uma oportunidade para enviar seu original era uma editora que só publica romances. Obviamente, sua obra não será aceita e você irá se frustrar.


Além disso, você deve prestar atenção, também, às regrinhas de cada editora com relação ao envio do material, principalmente com relação ao tipo de arquivo aceito e à formatação. Não se esqueça de conferir o endereço eletrônico para o qual deve ser feito envio e, por fim, veja se a editora está aberta a novos recebimentos ou se isso deve ser feito em algum período específico.


Para quem sonha apenas em poder ter o seu livro em mãos, as opções de editoras são inúmeras e dos mais variados tamanhos. Agora, se o seu alvo é uma grande editora, tenha em mente que as chances de receber um “não” serão maiores, o que não te torna pior que ninguém nesse universo literário. Mas é que as grandes editoras, além de avaliar o seu livro, também precisam levar em consideração uma série de outros fatores, como, por exemplo, o seu relacionamento com o público.


Depois de escolher a(s) editora(s) para as quais você quer enviar seu original, tenha em mente uma coisa: seu livro não é um filho. Por mais que tenhamos esse sentimento com relação à nossa obra, precisamos entender que a partir do momento que decidimos publicá-la, ela torna-se um produto e que, portanto, passará pelas mãos de pessoas diversas que também doarão uma parte de si para tornar aquele sonho real.


Outro item muito importante para lembrar: muitas editoras, hoje, cobram para publicar o seu livro. E isso não é algo barato. Além disso, quanto mais detalhes você quiser no produto final, mais caro será o orçamento. Então, muitas vezes, é melhor realmente enviar seu original para mais de uma editora e, depois, comparar os orçamentos recebidos (e, muitas vezes, nesse processo já é possível ter uma prévia do tratamento que a editora te dará dali por diante).


É, queridos escritores, escrever um livro vai muito além de preencher páginas e páginas com suas histórias, não é mesmo? Então guardem com carinho essas dicas e tantas outras que damos por aqui, toda segunda-feira. Não deixe de nos acompanhar!


Assine nossa newsletter 

  • Facebook
  • Twitter
  • Pinterest
  • Instagram

QNM 19 Conjunto H, Lote 20
Ceilândia Sul - DF - CEP:72215-198

Telefone: (61) 9 8127-1602

(11) 9 9269-9597

E-mail SAC: lettresac@gmail.com

 

© 2020 by Editora Lettre 

CNPJ: 34.892.350/0001-21